Botucatu, quarta-feira, 04 de Outubro de 2023
ENQUETE
Qual é a sua opinião sobre a PRIVATIZAÇÃO DA SABESP?
A favor da privatização
Contra a privatização

LINKS
COTIDIANO
18/09/2023
Projeto Passarinhando e EMEFI Hernâni Donato inauguram Trilha Ecológica


Pelo caminho da trilha, há placas indicativas do nome popular e científico das plantas nativas.

O projeto de extensão universitária Passarinhando: “Educação Ambiental e Conservação”, do Instituto de Biociências da Unesp de Botucatu (IBB), coordenado pela Professora Silvia Mitiko Nishida, inaugurou a Trilha Ecológica da Escola Hernâni Donato, no último dia 13 de setembro. Esta ação, além de ampliar pontos para a observação de aves, celebrou o Dia Nacional do Cerrado, comemorado no dia 11, a chegada da Primavera e o Dia da Árvore.

A EMEFI Hernâni Donato situa-se ao lado da nascente Ibiaçá, uma das oito nascentes do Córrego Pinheirinho, que fica dentro da área de proteção de um fragmento de cerrado, denominada Floresta Estadual de Botucatu (FEB). A Trilha Ecológica tem cerca de 300 metros e começa no comedouro para observação de aves frugívoras, granívoras e onívoras. Mais adiante, a trilha segue para a nascente Ibiaçá que está assoreada e, por isso, recebeu o plantio de 50 mudas nativas (doadas pela Prefeitura e pela Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp) para a recuperação.

Passando pela nascente, a trilha segue pelo Bosque Encantado, pelo Mirante do Cerrado, pelo Brejal e chega na entrada da Mata de Galeria, onde se pode notar imediatamente a mudança de temperatura e o seu frescor. A trilha vai até uma ponte de madeira, de onde se vislumbra o nascimento do Córrego Pinheirinho. Finalmente, o percurso termina numa clareira onde há uma mesa e bancos de madeira, utilizados para atividades da escola, como rodas de conversa e de leitura, e piqueniques.

Pelo caminho da trilha, há placas indicativas do nome popular e científico das plantas nativas e atrativas da fauna e que foram identificadas por Heloiza Cassola, engenheira florestal, técnica do Setor de Botânica e membro da equipe do Passarinhando.

Durante o evento comemorativo, participaram os estudantes do 4º e 5º ano orientados, respectivamente, por Maria Roseli Leonel Kraus e por Vinícius Nunes Alves, que são professores da escola e membros do projeto. Os estudantes apresentaram as características de cada habitat mencionando as aves predominantes e mostraram também as parcelas de areia para registrar os rastros de mamíferos que utilizam a área. A entrada de cada ambiente foi apresentada pelos alunos do 5º ano, demonstrando que a trilha ecológica pode ser uma grande sala de aula a céu aberto em que os estudantes são protagonistas do processo de ensino-aprendizagem.

Em seguida, estudantes do Colégio Embraer, representado pela coordenadora técnica Barbara Fernandes, que também é membro do Passarinhando, apresentaram uma linda maquete do Cerrado representando a FEB. Neste momento, descreveram as maravilhas desta paisagem (cerrado típico, campos sujos e campos limpos úmidos, ocorrência de 199 espécies de aves, incluindo espécies ameaçadas), assim como suas problemáticas (lixo acumulado, a monocultura, avanço desordenado da cidade, e outras). As monitoras do Passarinhando - Ana Claudia Fratino e Carol de Castro - demostraram as propriedades do solo do cerrado e das suas plantas, explicando por que o bioma Cerrado é uma caixa d’água e uma floresta invertida.

Finalmente, a atividade foi encerrada com a canção “(En)canto do Cerrado”, cantada e composta por uma das estudantes do projeto, com a mensagem de que Arte e Ciência podem andar juntas, potencializando saberes.

 

 “A extensão universitária protagoniza uma ação bastante especial e indissociável junto à pesquisa e ensino na prática acadêmica e estabelece seu valor em diálogo com os demais setores da sociedade, do qual a universidade faz parte. O projeto Passarinhando, liderado pela Prof. Silvia, é um exemplo muito claro desse processo. A trilha ecológica junto à escola oferece condição especial para a interação entre docentes e estudantes do Instituto ao lado de professores e alunos da rede, oportunizando aprendizado acerca de temas caros à sociedade atual, como preservação do ambiente. Os estudantes do ensino fundamental serão, a partir daqui, multiplicadores dessa ação e serão verdadeiros cientistas desse processo, sob definição de uma ciência cidadã”, afirmou o Vice-diretor do Instituto de Biociências, Prof. Wilian Fernando Zambuzzi, que cuida da pasta da Extensão Universitária.

 

Para Roberta Sogayar, secretária adjunta do Turismo, o lançamento da Trilha Ecológica na Escola Hernâni Donato coroa o projeto do Passarinhando, trazendo uma diversidade de informações ambientais a serem desenvolvidas ao longo da trilha.

 

“Uma cidade observadora de aves necessita da universidade na escola, fazendo a ponte entre a ciência e conhecimento pragmático, lúdico e que abre os campos de atuação do aluno no mundo. Deste projeto já temos alguns observadores de aves ávidos e apaixonados, o que certamente é um grande potencial na mão de obra para o turismo", afirmou Roberta.

 

A Coordenadora Pedagógica da Escola, Eunice Pedro Santos, comemorou a realização do projeto Passarinhando.

 

“Eu, como coordenadora da Hernâni Donato, só tenho a dizer que esse projeto é incrível e que os olhos dos nossos alunos brilham com ele. O dia da inauguração da Trilha Ecológica foi mágico para todos nós”, finalizou a coordenadora.

 

As atividades desenvolvidas pelo projeto podem ser conhecidas no site passarinhando.com, e no Instagram @passarinhandobotucatu

 

Prestigiaram o evento: José Gustavo Celestino de Campos, da Secretaria Municipal de Educação; Edilene Bortolozzo Vieira, Juliane Fumes Bazzo e Vitor Moratori, da Secretaria do Verde; Roberta Sogayar, Secretária adjunta de Turismo; Percilia Giaquinto Cardoso ,Chefe do Setor de Fisiologia e Vice-Chefe do Departamento de Biologia Estrutural e Funcional; o presidente da ONG Nascentes, João Batista Oliveira; a Chefe do Setor de Parques e Jardins da FEPE da FCA Unesp, Aline Gonçalves Barbosa; a Supervisora da EMEFI Hernâni Donato, Professora Adelaide; a Coordenadora dos anos iniciais do Ensino Fundamental Professora Danielle; a  Orientadora e Colaboradora das Escolas Integrais, Cristina Mattos; e membros do projeto Passarinhando, como Lais Freitas Lopes e  Isadora Maezato.


Da Assessoria - Leandro Rocha




VITRINE
COTAÇÃO DE MOEDAS
CONVERSOR DE MOEDAS
PREVISÃO DO TEMPO

debotuca.com
DIRETOR - JOÃO FERNANDO DE CAMPOS - MTB 79817 - Email: debotuca@hotmail.com

As opiniões são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente o pensamento do site, bem como os links veiculados.

© debotuca. Todos os direitos reservados.
Powered by Vinícius